Prerrogativas profissionais dão o tom de debates em Guaíra

Publicado 28 de abril de 2017

Garantias fundamentais do exercício profissional, as prerrogativas da advocacia foram tema de um dos painéis do III Colégio de Presidentes de Subseções, em Guaíra. O presidente da Câmara de Direitos e Prerrogativas, Alexandre Quadros, apresentou alguns dos principais problemas que os advogados vêm enfrentado nesta área: retenção de imposto de renda na fonte pelo juízo e pelo Banco do Brasil e exigência de procuração atualizada para levantamento de valores e expedição de alvarás apenas em nome da parte. “O advogado é o primeiro defensor de suas prerrogativas”, afirmou Quadros.

Também o diretor tesoureiro da Seccional, Fabiano Baracat, fez uma prestação de contas dos serviços que se referem à Tesouraria. “Vários contratos foram revistos – especialmente de telefonia, aluguéis e serviços de correios -, foi implementada uma nova gestão de recursos humanos com a reestruturação administrativa, houve uma redução da folha de pagamento e, paralelamente, cobrança dos advogados inadimplentes”, pontuou.
Voltar